terça-feira, 19 de junho de 2012

O tempo pode parar, congelando o Universo como em uma foto, diz nova teoria científica


(Daily Mail / Jornal Ciência) As pessoas costumam dizer que o tempo acelera à medida que envelhecemos, mas isso pode não ser verdade.

De acordo com uma nova teoria científica radical, proposta por acadêmicos, o próprio tempo pode estar diminuindo – e pode, eventualmente, paralisar completamente.

As últimas descobertas são consideradas como “alucinantes” por muitos pesquisadores. Uma apresentação em duas universidades espanholas propõe que todos nós fomos acondicionados a pensar que o Universo está se expandindo.

Na verdade, dizem os pesquisadores, o próprio tempo está ficando mais brando até que finalmente em bilhões de anos, deixará completamente de existir.

Embora os resultados possam parecer preocupantes, não é necessário perdermos o sono por causa disso ou mesmo passar o tempo pensando insistentemente sobre isso.

De acordo com os cientistas, a perda gradual de tempo não é perceptível. E de qualquer forma, todos nós vamos estar muito longe do tempo onde realmente o “fim” ocorrerá.

O professor Senovilla, em declaração à New Scientist, disse: “Tudo será congelado como uma fotografia, para todo o sempre”.

Os pesquisadores já mediram a luz das estrelas distantes que explodiram, mostrado que o Universo está se expandindo a uma taxa muito rápida. A teoria mais aceita é baseada na ideia de que uma espécie de antiforça gravitacional, conhecida como energia escura, deve estar provocando o distanciamento das galáxias.

No entanto, os astrônomos que trabalham com a mais recente teoria, diz que nós estamos olhando para coisas passadas. O professor Senovilla propõe que a hipótese atual está completamente errada: “Com a aceleração, o tempo vai diminuindo gradualmente”.

Pode parecer difícil para um cosmólogo tradicionalista aceitar ou acreditar. A Universidade de Cambridge, disse em declaração que a ideia do cientista não é tão absurda assim: “Acreditamos que o tempo surgiu durante o Big Bang, e se o tempo pode surgir, também pode desaparecer – isso é apenas o efeito inverso”.
----
Matéria similar no Hypescience

Nenhum comentário:

Postar um comentário